Franciele Macedo
Escritora
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
E-booksE-books
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
ContatoContato
LinksLinks
Textos

Sem Inspiração II

Passou o outono, chegou o inverno
E a primavera já se aproxima,
Mas minha inspiração não retorna
Sabe Deus, por quais terras caminha.

Procurei-a nas ruas, nos campos
Nas flores, nos sonhos,
Nas estrelas, nas matas,
No orvalho das campinas.

A mais simples rima,
Minha mão não escreve,
a mente não compreende,
o coração não domina.

Por um curto instante
Entendo, da vida, os reveses;
não há sapo que vira príncipe,
ou histórias com finais felizes.

Há apenas criaturas
Que contra toda esperança acreditam
Decidem andar lado a lado
Apesar das dificuldades da vida.

O papel, a pena e a tinta
Da gaveta eu retiro.
Não preciso de inspiração,
Meu destino eu mesma crio.

 
Fran Macedo
Enviado por Fran Macedo em 29/07/2016
Alterado em 29/07/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras