Franciele Macedo
Escritora
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Láquesis

Com seu velho tear,
O destino dos humanos Láquesis tecia;
Sua sorte, desventuras e dissabores da vida.
Eis que o seu olhar para nós se voltou
De quais pecados culpados não sei,
Mas sua mão nos condenou.
Eis que em sua roda malfadada
Nossas linhas não encontram sorte,
Seguimos caminhos contrários
Um para o sul e outro para o norte.
O tear continua a tecer
Entrelaçando as linhas da vida.
Boa Láquesis, de nós tenha piedade!
Não se condena os amantes
Que se amam de verdade
a uma tão triste sina.

 
Fran Macedo
Enviado por Fran Macedo em 07/01/2016
Alterado em 12/01/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Site do Escritor criado por Recanto das Letras